Interligando redes no Azure – Azure VNet Peering

Hoje vamos falar sobre o Azure VNet Peering, ou seja, o emparelhamento de redes virtuais. Mas o que é isso na prática? Antes quando se fazia necessário a conexão de duas VNets no Azure, era necessária a criação de Gateway de VPN nas VNets, e estabelecer um túnel, como se fosse uma VPN.

Com isso o custo ficava mais elevado, e a latência mais baixa, pois era necessária a criação dos gateways (custo) e o tráfego era roteado via internet (latência).

Com o VNet Peering, o tráfego é roteado via Backbone da Microsoft, passando internamente pelos Data Centers, com uma latência menor e um custo mais baixo.

Além de conectar duas VNets da mesma assinatura, em regiões diferentes, também é possível a conexão de duas assinaturas Azure.

Mas então, mão na massa, irei mostrar como configurar o VNet Peering.

VNet Peering entre regiões no Azure

No primeiro passo irei criar uma VNet no Leste dos EUA com o endereçamento 10.10.0.0/24.

Agora irei criar uma VNet no Sul do Brasil com o endereçamento 192.168.0.0/24

Depois das VNets criadas vamos configurar o Peering, selecionando alguma das redes e clicando em Peering, nesse caso iremos fazer primeiro na vnet-br

E então efetuar a configuração, como não tenho Gateway não posso marcar as opções Allow Gateway Transit e Use Remote Gateways essas opções permitem o tráfego para Gateways de VPN que estiverem conectados a uma das VNets.

Agora vamos repetir o processo na vnet-us

Pronto! Agora com o Peering configurado, vamos testar a conexão:

Testando a  conexão em duas VMs, uma no US e outra no BR.

Show né? Muito fácil de configurar a comunicação entre VNets, algo que parece simples, mas antes não havia a possibilidade e quebrávamos a cabeça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *